quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Expressions about the weather

Fonte: cortesia www.kaplaninternational.com/por  

Falar sobre o tempo é um tema muito popular entre os nativos da língua inglesa e uma ótima maneira de iniciar uma conversação. Isso ainda é mais comun no Reino Unido onde o clima é bastante instável. Em homenagem ao clima britânico, fizemos uma ilustração com as expressões idiomáticas em inglês usando a palavra weather (tempo).
Usar imagens no processo de aprendizagem é uma ótima maneira de fixar o vocabulário pois fazemos associação entre as palavras e a imagem, especialmente se você é um aprendiz visual.
O idioma inglês tem um vocabulário muito grande para falar sobre o tempo e uma ampla gama de expressões idiomáticas. Veja nossa divertida ilustração com as expressões mais usadas com a palavra weather. Descubra como você pode usar essas expressões em inglês no seu dia-a-dia. Fale inglês como um nativo!
  • Raining cats and dogs (Chovendo gatos e cachorros): Expressão em inglês usada quando está chovendo muito.
  • Face like thunder ( Cara de trovão): Expressão usada quando uma pessoa está claramente brava ou chateada.
  • Storm in a teacup: Essa expressão em inglês nós usamos muito em português, a famosa expressão: Tempestade em copo d’água.
  • Chase rainbows (Caçar Arco-íris)Significa quando uma pessoa está tentando alcançar o impossível.
  • Lightning fast (relâmpago rápido): Usada para expressar rapidez.
  • Head in the clouds: Essa expressãoem inglês nós também usamos em Português quando estamos distraídos, com a “cabeça nas nuvens”, ou quando temos idéias irrealistas.
  • Snowed under (Sob neve): Você pode usar essa expressão quando tiver muitas coisas para fazer.
  • Under the weather (sob o tempo): É uma expressão usada quando você não está se sentindo bem.



quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Pits, seeds or stones?

Fonte: http://blogdadisal.blogspot.com.br/2013/10/pits-seeds-or-stones.html

Por Stella E. O. Tagnin

Pits, seeds or stones?

Fruits have those little things inside, which we usually don’t eat. In fact, some are not that small! Think of an avocado, for example. They are generally called seeds,but not always. Well, when they are really small, they are called seeds. Here is a list, from COCA (www.americancorpus.org) as usual, for the noun collocates ofseeds:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
 WEED
11
12


 Sesame seeds
Pumpkin seeds
Sunflower seeds
 Fennel seeds
 Mustard seeds

Some fruits, however, have a pit or stone, which has a seed inside. They are calledstone fruits. Plumscherriespeachesapricots and nectarines fall into this category:

Plum pits                            
Cherry pits                          
  Peach pits
 Apricot pits

 That is why there is the verb to pit, which means “to remove the pits”:
·         To pit olives, crush slightly with the flat side of a knife blade, then remove pit.



          ·         Halve and pit the avocado.


Now, let’s move to the outer part of the fruit, which we usually don’t eat either. That is why we peel bananasoranges, apples and other fruits, and some vegetables too, like carrots:

·         Peel apples, and cut into 1/2-inch-thick wedges

 

Lemons, limes, oranges and bananas have peels:

·         A shallow glass bowl of lemon peel.
·         Stir lime peel into cooked rice.
·         Place 1 tablespoon plus 1 teaspoon orange peel and the remaining ingredients in a bowl and toss to combine. 
·         A good turn may consist in removing a piece of banana peel from the pavement.

A number of fruits and vegetables, though, have skins:

·         Try to eat a banana or a potato skin to keep your potassium up. 
·         Apple skin is where the nutrients are concentrated. 
·         Find out how to use pineapple skins in your kitchen and home, and give those scraps a second life! 

The peels of citrus fruits are also called rinds:

·         Season to taste with lemon juice and grated lemon rind.
·         Stir together lime rind and next 6 ingredients in a large bowl.
·         1 teaspoon chopped cilantro # 1/2 teaspoon grated lime rind.

Notice that rinds occurs mainly in recipes and usually in a collocation with grated:grated lemon rind, grated lime rind.


Actually, grated lemon rind – and also very small pieces of lemon peel -  are calledlemon zest:

 

But these are also rinds:

 Watermelon rinds                                            
  Melon rinds
Canteloupe rinds

Confusing? Not really!
Seeds are “sementes” in Portuguese, and pits and stones are “caroços”.
For peels, skins and rind we only have one word: “cascas”.
And zest is “casca ralada”.

Now you’re ready to enjoy your piece of fruit, but – depending on which fruit it is – better pit it and peel it first!
Bon appetit!
Stella

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Aulas fora da sala de aula

Fonte: http://blogdadisal.blogspot.com.br/2013/10/aulas-fora-da-sala-de-aula.html

Por Vanessa Prata

Todos sabemos da importância de propor atividades variadas e estimulantes em aula para manter o interesse dos alunos. Por isso, algumas escolas permitem, ou até exigem, que os professores incluam atividades fora da sala de aula, no laboratório ou no auditório, ou muitas vezes fora do prédio escolar, como num restaurante ou lanchonete, por exemplo.

Claro que há alguns cuidados a serem tomados com as aulas fora do ambiente escolar, principalmente se os alunos forem menores de idade, situação em que será necessária a autorização dos pais para que eles se ausentem do local. Também é necessário avisar com antecedência se o aluno terá algum gasto com a atividade. Além disso, é importante esclarecer os objetivos dessa aula externa e reforçar que o foco da comunicação deve ser sempre em inglês, caso contrário muitos alunos podem achar que é “perda de tempo”, que o professor está “matando aula” ou nem aparecer se avisados com antecedência.

Há várias atividades externas, no entanto, que podem ser propostas sem envolver gastos nem a aula inteira, sendo parte do planejamento global da aula. Confira algumas que tomam cerca de 5 a 10 minutos fora da sala:

Básico

A clássica aula de Where is...? e How can I get to...? fica muito mais dinâmica se os alunos forem simplesmente até a frente da escola e descreverem os lugares reais ou desenharem seus próprios mapas, em vez de apenas seguirem os mapinhas dos livros. Se forem adultos, peça que eles deem uma volta no quarteirão anotando os lugares vistos e posteriormente façam perguntas uns para os outros.

Intermediário

Comparativos e superlativos

Em duplas, os alunos têm 5 minutos para escrever o maior número de frases usando comparativos e superlativos sobre o que eles podem ver na rua em frente à escola. Exemplos: Fiat Uno is cheaper than Renault / The blond girl is younger than the brunette woman / The church is the biggest building of the street etc.

Avançado

Vocabulário e discussão – Poluição sonora

Peça que os alunos deem um volta no quarteirão ou apenas fiquem na frente da escola por 2 minutos em silêncio, prestando atenção a todos os sons ao redor deles. Que tipos de sons eles ouviram? Como podem descrever esses sons? Os sons são irritantes? São constantes? Eles ouviram algo que não costumam prestar atenção no dia a dia? Na sequência, os alunos podem discutir sobre poluição sonora e como isso interfere em nossas vidas. Eles moram/trabalham num lugar ruidoso? Já acordaram no meio da noite por causa de barulhos externos? Como se sentem quando um alarme de carro dispara? Etc. Podem ser trabalhadas expressões como: it drives me crazy... / I can’t stand... / it really bothers me...

 

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Cultura Inglesa lança faculdade

A Cultura Inglesa acaba de lança a Faculdade Cultura Inglesa, oferecendo o curso Licenciatura em Letras: Inglês para o próximo semestre. As inscrições para o vestibular vão até 26/11.
Saiba mais em www.faculdadeculturainglesa.com.br.